domingo, 4 de junho de 2017

RIO DE JANEIRO, E SUA INCAPACIDADE DE EVOLUIR, NÃO ACABANDO COM AS CARROÇAS



Rio de Janeiro, cartão postal do país, entrada principal para o mundo que nos visita. Ainda sim, incapacitado de lidar com leis básicas de uma sociedade, que preza por educação, justiça e paz. Aqui existe apenas ignorância e falta de respeito pelos animais, partindo principalmente do Estado, ignorar é mais fácil. 

Podemos encontrar com muita facilidade, veículos de tração animal, circulando com entulhos, geladeiras velhas, sofás, e todo tipo de lixo pelas vias. O mais interessante é, que as leis de trânsito no Rio de Janeiro hoje, são tão severas, que existem radares espalhados por todo canto da cidade, e muitas blitz também fazendo a contenção de carros irregulares, que até aí, podemos dizer normal, mas que lá no fundo, não existe nada de normal e cunho educacional, e sim, uma alimentação sistêmica feita pelo Estado através da indústria da multa, que gera milhões em receita.

Outra grande anormalidade nessa conjuntura de repressão ao transporte ilegal e a falsa educação no trânsito, é como deixar  livre a circulação de carroças, que passam por essas blitz normalmente, como se fossem invisíveis.  A impressão que dá, que não as  enquadram como veículos, como nada, elas apenas passam com seus Cristos chicoteados.  Lá estão elas, disputando palmo a palmo, centímetro por centímetro, as vias já entupidas de carros, ônibus e motos, o que causa retenção todos os dias por excessos desses veículos.

O mais assustador não é o efeito transtorno no trânsito que essas carroças causam, e sim, a exploração e tortura praticada sem nenhum tipo de fiscalização, seja pela prática ilegal, por não ser um veículo legalizado, e muito menos por produzir e praticar crime de maus tratos. Não importa a saúde do animal e muito menos o peso que suportam e as temperaturas de verão que esses animais enfrentam  com toneladas de lixos nas costas.

A sociedade carioca está insensível ao sofrimento animal, pois em uma sociedade mais civilizada, não se aceitaria tamanho primitivismo em pleno século XXI, onde carros quase voam, onde já existe carros autônomos, e toda tecnologia que nos dão status de "evoluídos", só que não! Estamos nós amarrados educacionalmente nos primórdios, agindo como matutos e aceitadores de absurdos sem nos questionarmos e muito menos nos sensibilizarmos com atitudes tão grotescas partindo de nós mesmos.

Por incrível que pareça, existe sim, uma lei que retira os veículos de tração animal das áreas urbanas no RJ, o grande problema que não deixam colocar em prática, é que,  geram despesas, e além de não possuírem locais para levar esse animais apreendidos. Outra,  esses veículos não possuem registro, o que dificulta arrecadamento através de multas. Está explicado então, a indiferença do Estado em relação as carroças, e mais indiferença ainda, ao animais que sofrem calados por não poderem falar o quanto sofrem.

Jota Caballero


Comentários
0 Comentários

CRIAR PASSARINHOS É COISA DE RETARDADO! VOCÊ CONCORDA?

Quando digo retardado, não me refiro a deficiência mental e sim, a deficiência  de caráter, maldoso de coração, ruim, ignorante, atras...