sábado, 1 de julho de 2017

Homem é condenado a pagar indenização após matar cão com chute em RS



Em abril do ano passado, um homem chutou o cão Theo, , da raça yorkshire, de 11 anos de idade, e ainda ofendeu verbalmente a tutora do animal, Isabel Luz, de 48 anos.
Jorge Gilberto Lima dos Santos foi condenado, nesta quinta-feira (29), a pagar uma indenização no valor de R$ 20 mil por danos morais por ter matado um cão com um chute, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A indenização será destinada ao Fundo Municipal de Proteção ao Meio Ambiente.
Segundo tutora, a motivação da agressão teria sido o fato do cão ter urinado em frente ao prédio do homem
O cão Theo morreu após ter sido agredido pelo homem em abril do ano passado (Foto: Reprodução / Facebook)
A decisão foi tomada pelo juiz da 3ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, Ramiro Oliveira. No texto, o juiz menciona o laudo de necropsia do cão, o qual constatou os chutes que causaram lesões graves no corpo do animal com a causa da morte.
O caso
Segundo a tutora, Isabel Luz, a motivação da agressão contra o cão teria sido o fato de Theo ter urinado em frente ao prédio do homem, que imediatamente saiu do local e começou a discutir com a tutora. Durante a conversa, o homem teria chutado e arremessado o cão para o outro lado da rua.
A tutora chegou a levar o animal a uma clínica veterinária, onde ele teve que ser operado, mas infelizmente, acabou não resistindo aos ferimentos. A agressão ocasionou uma hemorragia interna e traumatismo craniano, além de ter quebrado ossos e ferido o fígado e o baço. Após sofrer uma parada respiratória, Theo faleceu.

Comentários
0 Comentários

CRIAR PASSARINHOS É COISA DE RETARDADO! VOCÊ CONCORDA?

Quando digo retardado, não me refiro a deficiência mental e sim, a deficiência  de caráter, maldoso de coração, ruim, ignorante, atras...