quarta-feira, 19 de julho de 2017

Morre, após ser transferido para o Recife, ‘Urso Bruno’ do Zoológico de Vitória



Após ser transferido para tratamento no Horto de Dois Irmãos, no Recife, o urso pardo do Zoológico Municipal de Vitória de Santo Antão morreu na madrugada desta segunda-feira (17). Conhecido como Bruno, o animal estava em estado grave devido uma sinusite. O urso havia sido levado na última sexta-feira (14).
Os veterinários estimavam que o animal possuísse 25 anos. Com média de 150 quilos, ele vivia há mais de uma década no zoológico de Vitória. Há três meses, o urso desenvolveu uma sinusite.
“Ele iniciou com uma sinusite, que não respondia adequadamente aos tratamentos. Isso foi se agravando e se tornou uma infecção respiratória maior e quando ele chegou aqui já chegou num quadro bem debilitado. Ele já apresentava outras infecções secundárias, uma anemia, uma falta de proteína”, explicou à TV Jornal Luciana Rameh, gerente técnica do Horto Dois Irmãos.
Um exame de necropsia será realizado para saber detalhes sobre a morte de Bruno. O material será encaminhado para um diagnóstico final.
Caso houvesse melhora no quadro de saúde, o urso seria encaminhado para um zoológico no estado do Piauí. O urso não retornaria para o Zoológico Melo Verçosa, situado no Alto do Reservatório, área urbana de Vitória, porque o espaço está interditado há cinco anos e sem receber visitas.
ZOO FECHADO – Por apresentar infraestrutura precária para os animais e falta de segurança para os visitantes o espaço está interditado. Inaugurado em 1950, nunca recebeu licença ambiental para funcionar.
Em 2013, a prefeitura do município, na tentativa de conseguir autorização para reabrir o espaço de lazer, realizou reforma para adequar o espaço dos animais. No entanto, o IBAMA e Ministério Público de Pernambuco não liberaram a reabertura.
A solução definitiva do zoológico passa pela mudança de endereço e a criação de um Bioparque, numa área dez vezes maior do que a do atual zoológico, para onde os animais seriam transferidos. São doze hectares já desapropriados, próximos ao Sítio Histórico Monte das Tabocas.
Por não cumprir os prazos e não ter previsão para a construção do novo espaço, o Ibama determinou a remoção dos mais de cem bichos que vivem atualmente no zoológico. No final de maio, jabutis e aves foram transferidos para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas-PE).
Comentários
0 Comentários

CRIAR PASSARINHOS É COISA DE RETARDADO! VOCÊ CONCORDA?

Quando digo retardado, não me refiro a deficiência mental e sim, a deficiência  de caráter, maldoso de coração, ruim, ignorante, atras...