domingo, 2 de julho de 2017

Você abandonou achando que alguém iria ajudá-lo? Só que não!




Abandonar animais é a forma mais cruel de matar lentamente, podemos dizer com requintes de crueldade, doses cavalares de sadismo, e uma maldade inquestionável, citando, claro, o mau caratismo. Esse último se encaixa em pessoas indesejáveis, que exalam mau cheiro em sua essência, assim produzindo mau estar por onde passam. 

É perceptível nos semblante dessas pessoas, a face pesada, carregada de suas malfeitorias nas profundezas de sua mente. Lá estão eles andando indiferentes ao mal que produziu como se fossem isentos das leis universais que regem a  natureza. Ignoram como não se possuíssem uma origem do qual todos os seres desse planeta tiveram seu ponto de partida. 

Ato abominável para qualquer ser humano, independente de sexo, raça, religião, ideologia. Não consigo imaginar o que se passa em uma mente capaz de promover tamanha desgraça, não consigo sequer me imaginar produzindo uma atitude para com um ser indefeso, incapaz  e inocente. Na vida, temos que ter um mínimo de comprometimento existencial, aqui tudo vive, tudo  respira, então,  sente o que sinto. Seria um contra senso da minha parte fazer a outros, aquilo que não gostaria em hipótese alguma que fizessem comigo. 

Abandonam animais esperando ou não que alguém ajude, e até mesmo no intuito de matá-los, e conseguem. Milhares de animais são abandonados por ano no Brasil, fazendo os abrigos ficarem lotados e protetores desesperados em busca de ajuda, em um país que hoje respira por aparelhos, por causa de um sistema de corrupção inigualável, má gestão pública e leis pra lá de patéticas. Na ordem natural nesse plano se os humanos vão mal, os animais pior ainda, em numero, grau e gênero, pois dependem de nós.  

Comentários
0 Comentários

CRIAR PASSARINHOS É COISA DE RETARDADO! VOCÊ CONCORDA?

Quando digo retardado, não me refiro a deficiência mental e sim, a deficiência  de caráter, maldoso de coração, ruim, ignorante, atras...